segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Lances polémicos.


Bom, depois de mais uma jornada decorrida, apenas a terceira da Bwin Liga, é por demais evidente que mais que o nível futebolístico apresentado pelas equipes nela participantes, o que mais se tem evidenciado é o nível das arbitragens a que vimos assistindo: Péssimo.
Ironicamente surge agora um lance que na minha opinião é claro como a água (quando não está poluída como a arbitragem nacional), e que por isso mesmo deveria ser unânime, mas que afinal resulta em mais uma divisão gritante de opiniões. O lance a que me refiro surgiu aos 53 minutos do jogo de Alvalade, entre Sporting e Belenenses. Um penalty foi assinalado a um guarda-redes que por ter feito “barulho” aquando da saída de campo após justa expulsão, deu logo azo ao aproveitamento de gente que a mim não me parece honesta. E porquê? Porque querem alimentar polémica excusada de forma a beneficiar terceiros e fundamentalmente porque a parcialidade que apresentam nas apreciações que fazem é flagrante. A título de exemplo serve o que se passou no decorrer de apenas uma semana: a que findou ontem, domingo, dia 2 de Setembro de 2007.
É ridículo como lances semelhantes, são avaliados de forma totalmente distinta pela mesma pessoa. E o que é que levou tal figura a trocar uma opinião de forma tão radical num tão curto espaço de tempo? O cor do equipamento do clube potencialmente beneficiado…Porque os argumentos apresentados para os casos em concreto são tão risíveis que, se não fosse por isso, até roçavam o insulto a qualquer espectador com dois dedos de testa. E o que não há meio de mudar? A falta de vergonha e o descaramento desse senhor paineleiro. Se isto não é manha, então não sei o que lhe chamar…ao atraso de hoje que se transforma no corte de amanhã, segundo as conveniências desta “raposa velha” que já nos idos da década de 90, Carlos Queirós conhecia de ginjeira.
Outro comentarista há, que preza por cultivar ódios de estimação a alguns dos melhores treinadores cá da praça, sendo também conhecido por mestre relojoeiro, tal os “countdowns” que promove. Mas penso “eu de que” também deve ter outras aversões mais dissimuladas… Este, ao responder sobre a justeza de um resultado final de determinado jogo, numa semana afirma que a vitória da equipa da casa é justa porque APESAR do lance de que resulta o único golo ser IRREGULAR, a supremacia revelada durante a primeira parte da partida e o equilíbrio na segunda justifica a vitória. Já na semana imediatamente a seguir, considera que noutro determinado jogo, o clube da casa apesar de dominar o adversário na totalidade do encontro, não justifica a vitória porque beneficiou “indirectamente” de um suposto erro de arbitragem. Calhou que o clube justamente derrotado, (apesar de prejudicado) na 1.ª semana, ser exactamente o mesmo que ganhou segundo ele injustamente porque beneficiou de uma decisão arbitral errada, mesmo que tenha dominado o jogo inteiro, na semana seguinte. Dá para perceber a coerência destas posições? Pois…
São inconcebíveis estas atitudes e a manutenção do espaço de antena que, semana após semana, lhes permitem também não são facilmente compreensíveis.
Não seria muito mais pacífico e credível, que TVI e SIC convidassem alguém que, para além de não possuírem este tipo de pecadilhos, fosse invariavelmente mais íntegro e correcto nas apreciações que aventasse? Sinceramente, proveniente de Portugal acho difícil, porque a desconfiança de uns ou de outros iria prevalecer. A solução passaria, portanto, por “contratar” alguém fora de qualquer suspeita, isto é, que viesse do estrangeiro. Assim de repente lembro-me, por exemplo, de um ex-árbitro italiano prestigiadíssimo e que dá pelo nome de Collina. Esse de certeza que não é verde, azul ou encarnado desde pequenino! E tem a vantagem de perceber muito mais que os experts em arbitragem cá do sitio…

7 comentários:

Rogerio Martins disse...

Saudações benfiquistas, sim benfiquistas, estou numa de "fairplay" enquanto à polemica arbitral, é normal que exista tanta e isto porque o vosso equipamento é verde, confunde-se com a relva têm que arranjar tambem um corderizinha para ver se os arbitros vós prejudicam menos, sim porque se repararem eles só marcam penalidades ou faltas a vosso favor se o jogador for de cor ou, tipo o Jardel que tropeçou num bocado de relva e afinal ainda conseguiu empatar o jogo, hehehe

verdao disse...

Concordo, Capicua101. A questão dos comentadores é pertinente e o mais estranho é que são todos pró-qualquer-coisa, td menos isentos e mt menos pró SCP.

Claro que quem manda nas televisões não está interessado nisto mas isto resolvia-se facilmente com a introdução do contraditório.

Eu acho um absurdo haver um programa como o Rui Santos, onde ele aproveita a antena da SIC, uma televisão com pergaminhos, para destilar os seus ódios pessoais, os seus preconceitos e até a ignorância, perante um jornalista sem preparação para o confrontar.

SL

Luis Santiago disse...

Tenho escrito diversas vezes para o programa do Rui Santos. E de vez em quando lá aparece um comentário meu... Curiosamente (ou talvez não!!!), ontem também escrevi e não passou nada em rodapé.
O senhor Rui Santos não manda nada no futebol e ainda bem. Estamos todos um bocadindo fartos de tanta injustiça. Mas sabem porquê? Porque o Sporting foi o primeiro a criar uma SAD. O primeiro a repensar na construção de um novo estádio e de muitas outras coisas. Se não somos melhores (se calhar porque não nos deixam) pelos menos somos diferentes.

8 disse...

É a primeira vez que venho aqui espreitar, e aproveito para transcrever aqui o que acabei de escrever no Leão da Estrela

Vou aproveitar este comentário para desafiar os blogs de indole sportinguista a discutir e arranjar soluções para combatermos a verdadeira intoxicação que se vai vendo nos media, especialmente na TV e jornais desportivos em desfavorecimento do nosso clube.

Nomes como Manha e Santos devem ser banidos, pelo menos como analistas independentes. Santos é mais de perseguições individuais, tipo vingançazinhas pessoais ou do género "eu é que percebo disto aos molhinhos e fulano só faz disparates".
O outro manhoso é muito pior: é tipo boi, cega com o vermelho.
É anunciado como um analista independente mas não consegue despir a camisola do clube do coração (e/ou que lhe paga)
Foram pateticas as suas discussões com Jorge Coroado nos dois ultimos domingos relativas aos cortes que os guarda-redes apanham.
Não falo dos jornais desportivos porque deixei de os comprar. Como viajo muito de avião lei-os quando me dão, e como continuo a considerar que não são correctos nem isentos continuo sem os comprar.
Somos diferentes mas temos de tomar posições. Se não reagimos vão continuar a gozar na nossa cara.
Vamos debater e arranjar soluçoes para que esses intrujas tenham a noção da nossa força

Parece que estava a escrever em consonancia com Capicua 101.

Saudações leoninas

capicua101 disse...

Rogerio Martins:

Equipamaneto cor de rozinha? Isso, nunca, prefiro continuar a ser roubado...

Apesar de benfiquista, volte sempre...desde que mantenha o fair-play!

SL!

capicua101 disse...

8:

Volte sempre que LEÕES como você fazem falta!
Todos somos poucos para combater esta mafiosice instalada...

SL!

Visconde disse...

Está na moda ser paineleiro e comentadeiro.
Antes tinhamos pouco, mas que apesar de algumas calinadas, diziam alguma coisa sobre futebol. Hoje são às dúzias, não dizem nada que se aproveite e são tendenciosos de maneira indisfarçável.
Volta Gabriel Alves, estás perdoado...