sexta-feira, 9 de maio de 2008

Simplesmente alucinogénico...

Relativamente à alienação do delegado da Liga e do eventual castigo ao nosso Yannick, está explicado o que aconteceu: leiam aqui... que esta "teoria" vale bem a pena!!

5 comentários:

mpre27 disse...

Caro amigo,

Desde já agradeço a amabilidade. Esta referência é uma honra.

Abraço Leonino!

E Domingo o Yannick marca!

Armando Silva disse...

Eu também já vi essa teoria que o nosso caro amigo Oculo conseguiu arrancar debaixo de uns escombros quais queres!!! Mas faz todo o sentido...

Grande abraço amigo

PPA disse...

Será que aos 35 anos fiquei senil?

Confesso que hoje tive uma grande surpresa!
Neste momento ainda estou um bocado chocado por ver a personificação da tristeza em figuras como o Manuel do Laço, que coitado está a sofrer tanto, sem que “meia dúzia” de Boavisteiros verdadeiros vão ter com os 2 principais “coveiros” e os levem literalmente arrastados ao “pelourinho”.
Estou chocado, pois em criança “fiz” 4 campeonatos no Bessa pela mão do já falecido Senhor meu Tio; e vejo que provavelmente o clube acabará.
Mas esta situação do Boavista só mostra que estamos em Portugal, ou seja:
- Quem rouba uma maçã vai preso… quem rouba um banco fica impune.
Vamos então para o caso do FCP, onde muito terei a dizer nomeadamente quanto à altura em que aparecem os castigos, aos castigos em si (ridículos e sem efeitos práticos), aos regulamentos disciplinares em vigor (nomeadamente ao modo como foram “cozinhados” para garantirem impunidade) e ao que neste momento me faz vir aqui escrever: TIVE HOJE UMA GRANDE SURPRESA!
A surpresa advém do facto, de nunca na minha vida imaginar (apesar de o conhecer tão bem) que o Sr. Jorge Nuno de Lima Pinto da Costa fosse capaz da cobardia de aceitar o castigo pontual (que nesta altura não tem qualquer efeito) sem exercer o respectivo direito de defesa; o que quer dizer que se assume a culpa, que se assume como corrupto!
O que quer dizer que o clube ficará para sempre legitimamente rotulado com um grande carimbo de corrupção na testa, perdendo qualquer credibilidade ou mérito que pudesse ter.
Preocupante será os “90%” de fanatizados desse clube continuarem a não ver as coisas como elas são, preferindo a habitual cegueira e indo de imediato acender mais uma velinha ao Papa, consoladinhos da vida com mais um qualquer título desportivo.
Confesso que foi a 2ª vez na vida que Pinto da Costa me surpreendeu, pois também nunca pensei que um dia fosse capaz de meter dentro de casa uma das suas “amigas”.
Com grande pena minha, Portugal volta hoje a ter novamente apenas 2 grandes clubes, após um período de 30 anos onde se teve a ilusão de serem 3.
Como consolo, tenho o facto da “minha luta” de 30 anos passar agora a ser legitimada, não podendo ser ridicularizada e confundida com frustração desportiva; tal como aconteceu ao Dr. Dias da Cunha.

http://bola-na-trave.blogspot.com/

Virgílio Bernardino disse...

Amigo mpre27:

Não tem nada que agradecer. Como já disse a analogia está espectacular!!

"E Domingo o Yannick marca!" - E não há Mr. V que se atreva a aparecer naquele maravilhoso estádio! ;)


Abraço!

Virgílio Bernardino disse...

PPA:

Quem porfia sempre alcança!

Força e muita coragem ai pelas bandas do Porto, que eles agora vão ficar bravos...

SL!